Como funcionam os dispositivos M2M?

m2m

Neste artigo você vai saber:

  • Sobre a tecnologia M2M
  • Como surgiu a tecnologia M2M
  • Como funcionam os dispositivos M2M
  • Exemplos práticos de utilização

Por mais que a tecnologia M2M seja uma criação não muito nova, muitas pessoas ainda não a conhecem e não sabem exatamente como ela opera. Esse recurso significa Machine-to-Machine, ou seja, é uma tecnologia de comunicação ponto a ponto entre duas máquinas que trocam informações entre si, e o melhor de tudo, sem a necessidade de interferência humana. É justamente essa tecnologia que utilizamos em nossos serviços de telefonia empresarial aqui na Uniir.

Sendo assim, para que você conheça mais sobre o M2M e saiba como ele funciona, preparamos este post com diversas informações sobre o assunto, bem como exemplos práticos de uso deste recurso. Boa leitura!

Como surgiu a tecnologia M2M?

A tecnologia M2M é resultado de diversos avanços tecnológicos na área de transmissão de informações entre máquinas, as quais foram desenvolvidas inicialmente para o segmento da manufatura, tais como o SCADA e o monitoramento remoto.

Esses recursos tecnológicos auxiliavam os operadores das fábricas a identificarem quando estava próximo de ocorrer alguma falha em peças ou equipamentos, de modo que a equipe pudesse resolver a questão antes do problema se agravar.

Por meio do avanço obtido a partir dessas tecnologias, Theodore Paraskevakos desenvolveu um recurso que permitia a transmissão de dados através de linhas telefônicas, ou seja, de uma máquina para outra máquina, de maneira que esse é considerado o primeiro uso da tecnologia M2M, a qual, posteriormente, serviu de base para a criação do identificador de chamadas e, atualmente, é empregada em distintos processos de empresas dos mais variados segmentos.

Como funcionam os dispositivos M2M?

Agora que você já sabe como surgiu a tecnologia M2M, é o momento ideal para entender melhor como esse dispositivo opera. Basicamente, o M2M funciona por meio de uma máquina que envia informações para outra através de uma rede sem fio.

Os principais componentes da tecnologia M2M, são:

  • EndPoint Data (DEP), que quer dizer ponto final de dados;
  • redes de comunicação; e
  • Data Integration Point (DIP), que quer dizer ponto de integração de dados.

Devido a esse conjunto de componentes, a tecnologia M2M também é conhecida como transmissão ponto a ponto, isto é, a informação é transmitida entre o ponto A até o ponto B e vice-versa.

Para que fique mais claro, vamos dar um exemplo. Imagine uma máquina de pagamento de cartão de débito ou crédito. Nela, é inserido o cartão com as informações pessoais do titular do cartão e seus dados bancários, os quais são enviados por essa máquina para uma outra máquina.

Essa outra máquina é o servidor responsável por avaliar as informações transmitidas.

Assim sendo, ela verifica, por exemplo, se o indivíduo está habilitado a realizar a operação e “avisa” a máquina de cartão que o pagamento foi efetuado e a compra pode ser concluída.

Para que você conheça outras atividades que a tecnologia M2M pode ser utilizada e, dessa forma, compreender ainda mais o seu modo de funcionamento, veja, a seguir, um conjunto de exemplos práticos de utilização.

Exemplos práticos de utilização

1.     Estação de tratamento de água e esgoto

Neste empreendimento, a tecnologia M2M funciona como uma espécie de sensor que é capaz de avisar uma central de informações sobre o funcionamento dos equipamentos e peças da estação, de modo que, caso alguma falha ocorra, ela possa ser detectada precocemente pelos gestores e operadores.

Desse modo, é possível planejar e agendar o ajuste da máquina ou reposição de peças fora do horário de funcionamento da estação, de maneira a não comprometer a produtividade do empreendimento e o fornecimento do serviço.

2.    Smart cities

Pode parecer algo extremamente distante da nossa realidade, mas as smart cities são capazes de realizar de forma automática várias operações, tais como ajustar o semáforo conforme o fluxo de veículos que trafegam na estrada.

Isso é possível graças a tecnologia M2M, pela qual os semáforos conseguem captar a quantidade de veículos que estão percorrendo a rodovia e enviam essa informação por rádio frequência para um gateway.

Dessa forma, é possível otimizar o trânsito em grandes cidades e diminuir atrasos e congestionamento por meio de uma melhor distribuição do tempo de sinal verde e vermelho do semáforo.

3.    Medicina

Além de auxiliar indústrias na identificação de falhas iminentes, a tecnologia M2M também é capaz de auxiliar no monitoramento da saúde por meio de sensores instalados no organismo dos pacientes.

Esses sensores captam informações e transmite para uma central de controle, onde os profissionais da saúde podem identificar com maior precisão qualquer alteração que possa acometer a saúde do hospitalizado.

4.    Gestão de telecom

Por fim, não podemos deixar de mencionar o uso da tecnologia M2M na gestão de telecom, que é a nossa especialidade. Por meio do dispositivo, é possível monitorar aparelhos, linhas e canais, de modo a identificar falhas no serviço, consumo de dados e quais recursos são mais demandados, a fim de personalizar a oferta, por exemplo.

Diferença entre M2M e IoT

Se você conhece a Internet of Things (IoT), ou Internet das Coisas, como ficou conhecido aqui no Brasil, deve estar curioso para saber qual a diferença entre a tecnologia M2M e a IoT. Pois bem, há uma diferença essencial entre as duas.

Enquanto a IoT necessita de uma rede baseada em IP para agregar os dados coletados dos dispositivos em uma plataforma em nuvem, a tecnologia M2M é formada por módulos de hardware, os quais são integrados em uma máquina que transmite informações por meio de uma rede com ou sem fio para uma plataforma de monitoramento.

Conheça a Uniir e seus serviços de telefonia empresarial

A Uniir é uma empresa de soluções em tecnologia móvel que oferece diversos serviços, tais como aluguel de dispositivos móveis, outsourcing de telecom, Mobile Device Management (MDM) e aluguel de chip M2M.

Sendo assim, caso você tenha se interessado por esta tecnologia e deseje implementá-la na sua empresa, entre em contato e saiba mais sobre os serviços de telefonia empresarial oferecidos e suas condições.

Solicite um orçamento para aluguel de celular